English Version  |  Contactos  |  Localização  
 
Althum.com  

Rua Conde de Sabugosa, 7 1º dt.º
1700-115 Lisboa, Portugal
(+351) 218 409 406

 
 
HomeAlthum.comLivrosMúsicaEventosBusiness Registar  |  Login 0 Itens Carrinho
 
     
 

CATÁLOGO/

Livros

Património
Pequenos Tesouros
Projectos Especiais
Outros Temas

Música

DVD
CDs

Eventos

Concertos
Espectáculos
Lançamentos
Exposições


PESQUISA/

Pesquisar

Procurar por/


# A B C D E F G
H I J K L M N O
P Q R S T U V W
X Y Z  

Eventos > Concertos

AMIGO PAREDES
24-02-2016 - TEATRO TIVOLI - BBVA

CONCERTO DE HOMENAGEM
A CARLOS PAREDES

 

Um príncipe, chamou-o Rui Vieira Nery.

 

No próximo dia 24 de Fevereiro, no Teatro Tivoli BBVA, a ALTHUM promove o espectáculo Amigo Paredes– um concerto de homenagem e celebração a Carlos Paredes, com a participação de Luísa Amaro, Gonçalo Lopes, Paulo Sérgio, António Eustáquio e os Bonecos de Santo Aleixo.

COMPRA DE BILHETES:

Pela Althum.com - pelo tlm 91 9745338

Pela ticketline: http://ticketline.sapo.pt/evento/AMIGO-PAREDES-12862

 

 

 

A modéstia de Carlos Paredes esbarra habitualmente num muro de opiniões diversas, provenientes de críticos, especialistas e admiradores. «Simplesmente genial» –assim é qualificada a música de Carlos Paredes. A esse propósito, houve quem quisesse verificar de perto se Paredes teria mais de cinco dedos, tal a agilidade com que dedilhava a guitarra. Houve ainda quem dissesse que as suas notas eram o melhor espelho do País, as que melhor o retratavam, as que melhor expressavam a alma portuguesa.

Carlos Paredes legou-nos uma obra de valor incontestável, não só pela beleza das suas composições e da sua interpretação, mas também pela dimensão que deu à Guitarra Portuguesa, elevando-a a instrumento autónomo, ao invés de mero acompanhamento, transformando-a num símbolo da música portuguesa além-fronteiras. A sensação de liberdade que a sua arte transmite, e a mística da obra que deixou, dão-nos conta de uma história de dedicação profunda e de uma certa nostalgia de futuro.

Ouvir Carlos Paredes é regressar aos verdes anos. É tomar o pulso à respiração do músico e compreender-lhe o corpo dobrado sobre a guitarra: «Gosto demasiado da música para viver às custas dela», disse, um dia, com aquela desconcertante simplicidade que o acompanhava a todas as horas. Amigo Paredes – é assim que o queremos recordar. É assim que será sempre recordado.

 

AMIGO PAREDESINTERPRETAÇÃO

 

LUÍSA AMARO

Guitarra portuguesa

Luísa Amaro estudou Guitarra Clássica no Conservatório Nacional de Lisboa com o professor Lopes e Silva e prosseguiu os estudos em Barcelona e Castres, Espanha e França, respectivamente. Entre 1984 e 1993 tocou com o mestre Carlos Paredes (1925-2004), que acompanhou em guitarra clássica em centenas de concertos mundo fora.

Desde 1996, Luísa Amaro dedica-se à guitarra portuguesa como compositora e intérprete, buscando sempre novas envolvências tímbricas e um repertório diferente para um instrumento carregado de tradição simbólica.

Primeira mulher a gravar como intérprete de guitarra portuguesa, o CD Argvs (Althum.com, 2014) é a sua quinta produção com este instrumento, depois deCanção para Carlos Paredes (Artemágica, 2004), Meditherranios (Altvs, 2009), Geração do Novo Cancioneiro, acompanhando poemas ditos por Maria de Jesus Barroso (Althum.com, 2010), e A Raiz da Pele, poemas inéditos de Guilherme de Melo ditos por Victor de Sousa com música de Luísa Amaro (Ovação, 2011).

Das dezenas de concertos realizados em todo o País, destacam-se: espectáculo com a Orquestra Académica do Porto, sob direcção do maestro António Saiote (2001); música para Devaneios Flutuantes, bailado de Ana Rita Barata e Pedro Sena Nunes (2001-2002); concerto de Jubileu do Cardeal Patriarca de Lisboa (2003); concerto no Círculo Eça de Queiroz (2005); participação no Festival de Lisboa e no Festival MED de Loulé e concerto inaugural do Festival Islâmico de Mértola (2007); concerto em Madrid a convite da Embaixada de Portugal (Março de 2009); concerto em Trento, Itália (Agosto de 2010); Gala Mulheres de Vermelho, Lisboa (Outubro de 2011); concerto nos Recreios da Amadora, na inauguração da exposição sobre Carlos Paredes (Fevereiro de 2012).

 

 

GONÇALO LOPES

Clarinete

Gonçalo Lopes nasceu em 1970 em Seattle, EUA. Iniciou os estudos de Clarinete na Academia de Amadores de Música. Com uma breve formação na escola do Hot Clube de Portugal, participou em workshops dentro e fora do País.Em1996 foi-lhe atribuído o 1.º Prémio no Concurso Jovens Criadores da Europa e Mediterrâneo com o grupo Pablibutsone; no ano seguinte foi Representação Portuguesa em Turim. Toca com Luísa Amaro desde 2006, tendo participado nos CD Meditherranios (2009) e Geração do Novo Cancioneiro, acompanhando poemas ditos por Maria de Jesus Barroso (2010). Integrou o grupo Macacos das Ruas de Évora, com disco do mesmo nome em 2002 e muitos concertos entre 1999 e 2005. Em 2011 gravou o CD L’ennui riot com o projecto IntErLúNio, liderado por Ricardo Freitas. Pertence também aos projectos Alfa Arroba e Al-Jiçç, ambos com discos lançados em 2011.

 

 

PAULO SÉRGIO

Piano

Paulo Sérgio dos Santos nasceu em Cascais, em 1975. Licenciado em Comunicação e Jornalismo, com Mestrado em Ciências da Comunicação, recebeu o Diploma de Estudos Avançados da Universidade Complutense de Madrid.

Sendo um espírito inquieto, interessado por diferentes matérias completou duas pós-graduações: Jornalismo Judiciário e Direito da Comunicação, estando agora a completar também uma nova licenciatura, precisamente em Direito.

Os primeiros contactos com a rádio aconteceram em 1985 e, dez anos depois, iniciou actividade profissional na Rádio Renascença. Desempenhou as funções de Editor Literário e Editor Musical e veio a ser Director de Programas do Rádio Clube Português.

Enquanto jornalista e autor de textos, colaborou com a Fundação Calouste Gulbenkian, com a Casa da América Latina e com a revista Focus.

A elaboração de entrevistas tem sido um dos objectos do seu trabalho e, nesse sentido, escreveu o livro «50 anos na música» com o Maestro António Victorino D’Almeida, apresentou o programa radiofónico Pensar por Pensar e, na televisão, o programa Autores na TVI24 e TVI e A de Autor na RTP2 e RTP.

Melómano, com particular encanto pelo piano, tornou-se habitual vê-lo sentado a tocar com os convidados nos seus programas televisivos, tendo o A de Autor sido distinguido como o Melhor Programa de Informação Cultural da televisão portuguesa.

 

ANTÓNIO EUSTÁQUIO

Guitolão

Nasceu em Portalegre em 1961. Frequentou o Conservatório Regional de Castelo Branco. Prosseguiu a sua formação em Paris, estudando Música Antiga com Henri Agnel. Depois de cumprido o serviço militar, em que integrou a Orquestra Ligeira do Exército, estudou guitarra na Academia de Amadores de Música em Lisboa.

António Eustáquio é membro fundador do Quarteto do Sol, para o qual gravou um CD. Fundou o Quarteto Sons do Tempo, com guitarra portuguesa, compondo para esta formação a obra “Suite das Folhas”. Foi ainda fundador da Camerata Lusitana. Presentemente interpreta um novo instrumento português – o guitolão – com que gravou um DVD integrado num suporte promocional da Vila de Marvão; ainda com o guitolão, formou um duo com o contrabaixista Carlos Barretto.

 

 

 

AMIGO PAREDESFICHA TÉCNICA 

 

Composição: Luísa Amaro  e  Carlos Paredes

Duração: 60 minutos, sem intervalo

Músicos:   Luísa Amaro, guitarra portuguesa

                 Gonçalo Lopes, clarinete

                 Paulo Sérgio, piano

                 António Eustáquio, guitolão

Edição e produção: Althum.com

Editor e produtor: Luís Nazaré Gomes com Inês Rocha dos Santos

Grafismo; Susana Cruz

Comunicação: gm

(c) Althum.com, 2016

 www.althum.com

 

 
EH! Madeiro! Símbolos e Tradições de Natal
EH! Madeiro! Símbolos e Tradições de Natal
 
 
 
Destaques/
 
 
     
 

© althum.com - Todos os direitos reservados     info@althum.com | Site Map | Política de Privacidade